Tag Archives: Sporting de Braga

A velha máxima do “quem não marca sofre”

O Santa Clara perdeu ontem em Braga por 1-0 na 19ª jornada do campeonato.

As tropas orientadas por João Henriques contiveram como podiam os constantes ataques do Sporting de Braga na primeira parte, e as estatísticas comprovam isso mesmo: 66% de posse de bola e 5 remates da equipa da casa, contra 34% de posse da bola e apenas um remate do tímido Santa Clara, que raramente saiu do seu próprio meio campo durante os primeiros 45 minutos. Apesar disso, não houve qualquer lance que levasse algum perigo para a baliza Açoreana.

Na segunda parte, o Santa Clara teve uma oportunidade soberana de fazer o 1-0, através do castigo máximo (também conhecido por grande penalidade), oportunidade essa que Osama Rashid (de volta ao onze titular após a sua participação na taça asiática representando o Iraque) desperdiçou, permitindo a defesa de Tiago Sá. No lance a seguir, Accioly parecia ter tudo controlado, quando surge um jogador do Braga por detrás a roubar-lhe o esférico e passa para Dyego Sousa, que inaugura o marcador aos 56 minutos.

O Santa Clara sentiu-se na necessidade de dar a corda aos sapatos, ao contrário daquilo que fez na primeira parte. Viu-se um Santa Clara mais ofensivo, várias tentativas para igualar o resultado: o remate de Pineda que passou perto do poste esquerdo, e dois remates de Bruno Lamas aos 90 minutos, mas em vão.

O Santa Clara segue na 10ª posição do campeonato, a 3 pontos do 9º Rio Ave, com 1 ponto de vantagem sobre o 11º Marítimo, e a 5 pontos do antepenúltimo classificado (que este ano desce com os dois últimos para a segunda liga devido à colocação do Gil Vicente na Primeira Liga na próxima época) Boavista. O próximo jogo será em casa no Domingo às 14 horas (hora dos Açores) perante o Portimonense.

Anúncios

Primeira parte para esquecer, segunda parte de sonho, assim foi o primeiro jogo em casa do Santa Clara

O Santa Clara empatou com o Sporting de Braga 3-3 num jogo de loucos.

A equipa da casa até começou bem a partida com lances de algum perigo para a baliza bracarense mas foi o Braga a adiantar-se no marcador por intermédio de Pablo aos 24 minutos através de um canto. Nem 5 minutos tinham passado e Wilson Eduardo aproveitou uma hesitação de João Lucas e Marco para fazer o 2-0. Aos 39 minutos timoneiro do Santa Clara, João Henriques sentiu a necessidade de efectuar uma alteração ao substituir o capitão Pacheco para fazer entrar Fernando Andrade, que regressa de lesão. Um minuto depois Dyego Sousa desferiu um remate indefensável para a baliza da equipa da casa, fazendo o 3-0. Foi uma primeira parte que virou pesadelo para o Santa Clara.

O Santa Clara entrou de cara lavada para a segunda parte e Thiago Santana marcou logo aos 46 minutos, através de um cruzamento de Patrick Vieira, sendo o primeiro golo do Santa Clara na Liga NOS. O festival de golos não ficava por aqui, porque Zé Manuel aproveitou o passe do Thiago Santana para fazer o 2-3 aos 60 minutos. Thiago saiu lesionado e não conseguiu evitar as lágrimas após ser substituído por Alfredo Stephens. O jogo parecia estar ter o golo do empate, e este surgiu num canto com Fábio Cardoso a marcar de cabeça aos 65 minutos. Aos 80 minutos, Patrick Vieira ainda tentou a sua sorte num livre directo mas Matheus defendeu e o resultado não viria a alterar até ao final da partida. O Santa Clara joga no sábado em Portimão frente ao Portimonense.

Por fim uma palavra de apreço aos jogadores do Santa Clara que não desistiram mesmo estando a perder 3-0 ao intervalo e dando um presente aos adeptos açorianos com um empate épico.