Tag Archives: Santa Clara

Um empate que sabe a pouco, a um ponto de fazer história

O Santa Clara empatou hoje com o Belenenses SAD (não o clube) 1-1 no estádio emprestado para os pupilos de Belém no Jamor.

O Belenenses fez o primeiro golo da partida, através de um livre aos 9 minutos, Nuno Coelho cabeceia sem hipóteses para Marco. O Santa Clara viria a marcar aos 29 minutos, mas o árbitro anulou o golo por alegado fora de jogo de Schettine. Em cima do intervalo, Zé Manuel (quem haveria de ser!) fez o golo do empate após 2 remates contra a defesa azul.

A segunda parte começou logo com uma expulsão para o Belenenses, o marcador do golo, Nuno Coelho foi expulso por acumulação de amarelos após ter travado Zé Manuel. Ele que estava com queixas físicas após ter feito uma entrada sobre Schettine, que originou o seu primeiro amarelo. Desde então, o Belenenses literalmente estacionou o autocarro à porta da sua grande área, o Santa Clara ia lá mas sem pressa alguma de chegar ao golo, e também não se querendo comprometer defensivamente. Houve uma série de faltas marcadas, que em nada contribuíram para uma boa prática do futebol.

Com este empate, o Santa Clara mantém-se em 8º lugar com 36 pontos, a 1 de bater o recorde de pontos na primeira divisão. O próximo jogo será em casa no próximo sábado às 14:30 hora local, diante de um adversário direto, o Moreirense, que tem feito uma boa campanha no campeonato e encontra-se neste momento na luta por um lugar na Liga Europa.

Senhoras e senhores, objetivo alcançado!!!

O Santa Clara venceu hoje o Vitória de Guimarães por 1-0, num jogo a contar para a 27ª jornada do campeonato.

O suspeito do costume, Zé Manuel marcou o único golo da partida. Ele que já tem 7 golos no campeonato, tem faro para as equipas ditas grandes, tendo já marcado ao Sporting, Porto, Braga e agora o Guimarães. O Santa Clara teve várias oportunidades para fazer o segundo golo, mas o que interessava era os 3 pontos.

Já na segunda parte, houve dois regressos aguardado pelos adeptos açorianos: Osama Rashid e Thiago Santana, este último regressa após uma paragem de 7 meses devido a uma lesão grave.

Com este resultado, o Santa Clara segue firme em 8º lugar com 35 pontos, atrás do Belenenses SAD, o próximo adversário do Santa Clara, com 38 pontos e menos um jogo. Os dois clubes irão defrontar-se no estádio nacional do Jamor (devido a uma divergência entre Belenenses clube e Belenenses SAD) no próximo sábado às 14:30, hora dos Açores.

Leão adormecido ganha perante exibição segura Açoriana

O Santa Clara perdeu hoje em Alvalade perante o Sporting por 1-0 num jogo a contar para a 26ª jornada do campeonato.

A equipa açoriana entrou para a partida compacta na defesa, notou-se que a preocupação principal dos timoneiros de João Henriques era de não sofrer golos perante um crónico candidato ao título. É como se diz, “mais vale um pássaro na mão que dois a voar”, neste caso em concreto: mais vale um ponto na mão que 3 a voar.

O plano traçado pelos açorianos até estava a correr de feição, não fosse o golo de Raphinha na segunda parte estragar a festa. Bruno Fernandes aproveitou a distração dos defesas, em posição de fora de jogo, (mas como o lance partiu de um lançamento de linha lateral, o lance é legal) para cruzar a bola para Raphinha encostar.

Após o golo sofrido, viu-se uma equipa mais atrevida no ataque, mas sem criar grande perigo para Renan.

Uma grande exibição perante um grande do futebol português!!!!

O próximo jogo do Santa Clara será na próxima semana (data a definir) em casa diante do Vitória de Guimarães.

Grão a grão enche a galinha o papo

O Santa Clara empatou hoje em casa diante do Desportivo das Aves 0-0, num jogo a contar para a 25ª jornada do campeonato.

A primeira parte teve alguns momentos interessantes, mas o jogo estava muito amarrado ao meio campo e o Aves passou a partida a fazer anti jogo: pontapés de baliza demorados, faltas sucessivas, o “autocarro” no seu próprio meio campo em grande parte da partida, e o Santa Clara não conseguiu responder com um golo, até porque Bernardeau estava inspirado e fez uma boa exibição na baliza avense nas vezes em que foi chamado a intervir.

A primeira substituição teve lugar aos 76 minutos (!)… ambas as equipas estavam desgastadas, sem grande critério no ataque. Evouna foi o último a entrar no Santa Clara, e parece que o gabonês não está a convencer João Henriques: é o quarto jogo que faz com a camisola da equipa açoriana e em todos eles foi suplente utilizado. Faz lembrar alguém? Talvez o Arroyo, que jogou mais na seleção do Panamá que no Santa Clara.

Ao menos um ponto foi conquistado. Podia ter sido melhor, sim é verdade, mas também é verdade que não só o Santa Clara continua em 8º lugar mas também é mais um ponto rumo ao objectivo final que é a manutenção. Para a semana, o Santa Clara jogará em Alvalade na sexta-feira às 7:30, hora dos Açores.

É a vaca que riiiiii

Cerca de meia centena de adeptos do Santa Clara deslocaram-se a Chaves para manifestar o apoio à equipa açoriana. Houve até quem se vestisse a rigor, em pleno Carnaval, apesar da chuva.

O resultado do jogo de hoje foi um empate sem golos, e sinceramente, soube a pouco. Nem uma nem a outra equipa conseguiram criar grandes chances de inaugurar o marcador. No jogo todo houve um total de 40 faltas, e um remate à baliza do Chaves… um remate!!! Isto por si só mostra um pouco o que foi o jogo: o pára-arranca constante, o jogo muito disputado a meio campo, enfim, um tédio para os 3 000 adeptos que vieram apoiar as respectivas equipas. Até houve direito a lenços brancos dos adeptos da equipa da casa no final da partida, descontentes com a posição actual da equipa no campeonato (no penúltimo lugar), e o homem do jogo foi Kaio, fez um bom jogo a nível defensivo, em contraste com o nível fraco exibicional dos homens da frente. Pedia-se mais, sobretudo contra uma equipa na zona de descida.

O Santa Clara segue em 8º lugar no campeonato, a onze pontos do objetivo da equipa, que é somar 42 pontos (21 na primeira volta, e outros 21 na segunda volta), e o próximo jogo será em casa diante do Desportivo das Aves, no próximo domingo às 2 da tarde (hora dos Açores).

A coqueluche em pânico não viajou, Madeirense expulso e mais uma vitória Açoriana na luta pela manutenção

Leu bem… a coqueluche do Nacional da Madeira (aquisição de inverno Rashidov) não viajou com a restante equipa para os Açores por este ter tido reservas no que às condições atmosféricas dizem respeito. O voo tinha sido atrasado 4 horas em relação ao previsto devido à tempestade Kylian que passou pela região no decorrer deste final de semana.

Agora vamos ao que interessa. O Santa Clara venceu hoje o Nacional da Madeira por 2-0 em mais um duelo insular. A primeira parte foi marcada por muitas faltas, um jogo muito agressivo que resultou numa expulsão de um jogador do Nacional, por acumulação de amarelos.

Na segunda parte, Martin Chrien puxou o coelho da cartola e inaugurou o marcador aos 64 minutos. Ao cair do pano, Guilherme Schettine marca, confirmando que é a escolha mais acertada para a frente de ataque, em detrimento de Stephens. Em 7 jogos nesta época o brasileiro já marcou 2 golos, enquanto que o internacional panamenho marcou… nenhum em 16 jogos, na maioria como titular e a jogar os 90 minutos.

Com esta vitória, o Santa Clara soma 30 pontos e sobe ao 8º lugar. O próximo jogo será no próximo domingo em Chaves para a 24ª jornada do campeonato. Faltam 10 para o objetivo de João Henriques ser alcançado.

Força Santa Clara rumo à manutenção!!!

Penalti dá os 3 pontos ao Boavista

O Santa Clara regressou às derrotas, após perder o jogo de hoje com o Boavista, a contar para a 21ª jornada do campeonato.

A primeira parte não teve grandes oportunidades de golo, a não ser perto do intervalo, num lance confuso com vários ressaltos, o Boavista podia ter marcado, mas Marco defendeu a bola. De resto, o Santa Clara esteve por cima do jogo, até à lesão do capitão de equipa Osama Rashid, que num lance em que Mamadu Candé comete falta sobre o atacante axadrezado, e Osama Rashid cai de costas sobre o adversário, queixando-se depois do joelho. Foi substituído por Francisco Ramos, que fez a estreia com a camisola do Santa Clara. Esperamos que não seja nada de grave e desejamos as rápidas melhoras ao internacional iraquiano.

Na segunda parte, a equipa visitante quebrou a nível físico, ficando à mercê dos atacantes Boavisteiros, que estavam mais frescos pois o treinador adjunto (Lito Vidigal tinha sido castigado pela liga) Neca havia feito dupla alteração aos 55 minutos. Ao minuto 56, Patrick faz falta sobre o avançado do Boavista, que o árbitro entendeu ter sido dentro da área, assinalando a grande penalidade, que Rafael Costa converteu com sucesso. A equipa açoriana não teve capacidade para reagir ao golo sofrido e quase sofreu o segundo, o Santa Clara terá que agradecer aos postes que impediu a bola de entrar na baliza. Depois disto, o técnico do Santa Clara estreou o reforço internacional pelo Gabão, Malick Evouna, que teve uma oportunidade de ouro para fazer o golo do empate, em cima do apito final, mas Helton esticou-se para defender o remate, e o resultado manteve-se.

O Santa Clara mantém-se em 10º lugar, e jogará na próxima 6ª feira em Vila do Conde, contra o Rio Ave, orientado pelo antigo treinador do Santa Clara, Daniel Ramos.

« Entradas Mais Antigas