Author Archives: goncaloborges

Golo de Zé Manuel traz os 3 pontos e leva o Santa Clara para o 9º lugar

O Santa Clara quebrou ontem um ciclo de 4 derrotas consecutivas ao vencer o Moreirense por 1-0 a contar para a 12ª jornada do campeonato.

Durante a primeira parte houve escassas oportunidades de golo para ambas as equipas, com destaque para um remate de Nené aos 21 para defesa de Marco, e para um remate cruzado de Zé Manuel aos 40 minutos para a defesa do guarda-redes do Moreirense.

Na segunda parte a história foi diferente. Aos 47 minutos, o Moreirense teve uma clara oportunidade de entrar em vantagem, outra vez Nené que cabeceou por cima da baliza. Aos 52 minutos eis que surge o único golo da partida, Zé Manuel a mostrar como se faz, ao chutar de primeira para o fundo das redes do Moreirense. Os axadrezados verde e brancos tiveram uma expulsão pouco tempo depois, com Ivanildo a ver o segundo amarelo após agressão ao recém entrado Kaio Pantaleão. O Santa Clara foi fazendo as substituições de forma a defender os preciosos 3 pontos, com destaque para o regresso de Pacheco ao campeonato, e também para o central Accioly, que regressou após lesão contraída no jogo em casa com o Rio Ave. O último jogo que tinha realizado foi no empate épico em casa diante do Sporting de Braga. O melhor que o Moreirense fez com menos um jogador foi um remate ao lado da baliza aos 90+3.

O Santa Clara sobe assim ao 9º lugar com 17 pontos, ultrapassando o Moreirense, que tem 16 pontos.

O próximo jogo vai ser em casa diante do líder e detentor do título de campeão nacional, FC Porto.

Anúncios

Erros defensivos ditam nova derrota

O Santa Clara perdeu ontem com o Belenenses SAD (há que fazer a distinção entre o clube que joga nos distritais e a SAD, devido à divergência entre as duas partes) por 2-3 num jogo a contar para a liga NOS.

Mal tinha começado a partida, e o Santa Clara já se tinha adiantado no marcador aos 6 minutos, através de uma grande penalidade convertida por Rashid, após a revisão do vídeo árbitro ao lance. A reação dos “azuis do Restelo ” não tardou, e aos 12 minutos Sasso aproveitou a falta de concentração da defesa do Santa Clara num pontapé de canto e igualou a partida. Ainda na primeira parte, Clemente quase fez aquele que seria o seu primeiro golo na primeira divisão, mas a bola saiu um pouco ao lado da baliza.

Segunda parte uma história diferente para contar, com uma grande penalidade assinalada a favor do Belenenses através do vídeo árbitro, Fábio Cardoso leva amarelo e Fredy faz o 1-2, aos 77 minutos faz o 1-3, num lance em que a defesa do Santa Clara reclama um alegado fora de jogo, um autogolo de André Santos que viria a dar algumas esperanças de que o empate seria possível, não fosse a expulsão de Fábio Cardoso por acumulação de amarelos estragar os planos. Uma autêntica maldição esta do Santa Clara. A 4ª derrota seguida (3ª se contarmos apenas com os jogos do campeonato).

Até agora já deu para constatar 3 coisas: o Santa Clara marca muitos golos (média de 2 por jogo), sofre também muitos golos (média de 2 por jogo) e há por norma um defesa expulso no decorrer da partida.

O próximo jogo do Santa Clara será no domingo dia 9 de Dezembro às 2 da tarde (hora dos Açores) diante do Moreirense, no continente.

Diz o ditado que depois da tempestade vem a bonança. Que seja desta que a equipa inverte o ciclo negativo de resultados.

A Liga NOS está de volta!!

Após mais um período de paragem para os jogos das seleções e para a taça de Portugal eis que o campeonato regressa à normalidade (até ver), começando a jornada nos Açores, onde o Santa Clara irá jogar hoje contra o Belenenses SAD.

O Santa Clara vem de duas derrotas seguidas com o Sporting em casa por 1-2 e com o Vitória de Guimarães fora por 2-0. O Belenenses SAD por outro lado vem de dois empates seguidos no campeonato: um nulo caseiro com o Boavista e 1-1 com no estádio do Portimonense. Ambas as equipas foram eliminadas da taça de Portugal por equipas da primeira liga, tendo o Santa Clara perdido 1-2 com o Chaves, e o Belenenses no Dragão com o Porto por 2-0. O Santa Clara encontra-se neste momento em 9º lugar com 14 pontos, enquanto o Belenenses segue logo atrás em 10º com 12 pontos. Portanto é importante para ambas as equipas obterem a vitória no encontro de hoje.

Antevisão do treinador:

O treinador João Henriques desvalorizou as derrotas sofridas nos últimos 3 jogos, tendo sido contra 2 clubes com aspirações para o top 5 da tabela classificativa do campeonato e o outro jogo na taça de Portugal. Ainda realçou o facto de o Belenenses ainda não ter perdido fora do seu estádio emprestado (o Jamor) e que é um clube que luta pelos mesmos objetivos que o Santa Clara.

https://www.facebook.com/1455420731447464/posts/2204832593172937/

As Chaves para a taça foram entregues, com muita pena

O Santa Clara não conseguiu repetir hoje a dose dada ao Chaves no campeonato, sendo eliminado da taça de Portugal de forma inglória.

A primeira parte foi equilibrada no início, com disputa de bola com oportunidades para o Santa Clara marcar logo de rajada, com um remate de Fernando Andrade para defesa do guardião flaviense. O Chaves inaugurou o marcador aos 25 minutos por Platiny. Quatro minutos depois viria o 2-0, marcado por André Luís.

O treinador do Santa Clara optou por fazer dupla alteração ao intervalo, e a equipa entrou para a segunda parte ao ataque. O golo de honra apareceu aos 56 minutos, num cabeceamento de Fábio Cardoso, que acabou por dar alguma esperança aos adeptos que o empate seria possível. Desde então o Chaves passou a desperdiçar o máximo tempo possível para segurar o resultado. O marcador não se alterou até ao final da partida.

Adeus à taça. Até para o ano.

Má exibição da equipa traduz em nova derrota em Guimarães

O Santa Clara foi derrotado pelo Vitória de Guimarães por 2-0, a contar para a 10a jornada do campeonato.

A chuva que se fez sentir em Guimarães dissuadiu muita gente a vir ao estádio D. Afonso Henriques, e isso notou-se com a esmagadora maioria dos adeptos na bancada coberta e as outras quase vazias.

A primeira parte foi dominada pela equipa vimaranense, com transições rápidas da defesa para o ataque, remates à meia distância, e quando o Santa Clara tinha a bola, havia 2 ou 3 jogadores a fazerem a pressão sobre o portador da bola. O Vitória de Guimarães inaugurou o marcador, aos 26 minutos, com Alexandre Guedes a aproveitar um passe a abrir por completo a defesa subida do Santa Clara e cruzou para Davidson que cabeceou para o fundo das redes, sem hipóteses para Marco defender.

O Santa Clara defendia com quase todos os jogadores no seu meio campo, faltando depois um contra ataque rápido.

A segunda parte foi mais táctica, o Vitória só tinha de gerir o resultado. As alterações feitas por João Henriques pecaram por tardias, e não pareciam mudar nada no desenrolar da partida. Ukra finalmente fez a estreia, depois de vários meses com sucessivas lesões!! O Santa Clara ainda teve um ou outro remate com algum perigo no decorrer da segunda parte, e nem as bolas paradas salvaram o dia. O Vitória de Guimarães ainda teve tempo para fazer o segundo, aos 80 minutos, de grande penalidade (a segunda concedida pela defesa do Santa Clara nos últimos 2 jogos), por intermédio do internacional português André André.

Resumindo, foi um jogo para esquecer. O pior jogo da época. Um dia mau, acontece a todos. O próximo jogo é para ganhar, uma oportunidade para os jogadores se reerguerem, na taça de Portugal, dia 25 em casa com o Chaves.

Nós acreditamos em vocês!!!

10 000 pessoas e a diáspora no estádio não chegaram para a vitória morar em São Miguel

O Santa Clara perdeu ontem 1-2 com o Sporting num jogo há muito aguardado pelos adeptos açorianos, pois este foi o regresso dos “grandes” aos Açores. O Santa Clara entrou forte no jogo, como de resto tem sido habitual nesta época, em que a defesa foi determinante para evitar o golo do Sporting durante a primeira parte. Pedia-se um bom jogo de bola, mesmo com a chuva e o vento que se fazia sentir no estádio. Aos 32 minutos, Zé Manuel fez o 1-0, após assistência de Osama Rashid, para alegria dos muitos açorianos que os vieram ver a equipa. O Sporting bem tentou o empate antes do intervalo, mas em vão. Primeiros 45 minutos de sonho para o Santa Clara!!

Na segunda parte foi uma história bem diferente. O treinador interino leonino, Tiago Fernandes fez alterações ao intervalo, descontente com o que via. O lance que acabou por ter influência direta no resultado (uns dirão de forma injusta) é uma alegada falta na área de Fábio Cardoso sobre Bas Dost, e este não falhou a oportunidade de ouro para fazer o empate. A polémica não ficava por aqui, até porque um jogo do Santa Clara não seria a mesma coisa sem uma expulsão. Patrick Vieira foi para os balneários mais cedo por “aplaudir ” o árbitro da partida. A jogar contra menos 1 jogador, a tarefa do Sporting ficou muito mais facilitada, não admira que o golo da vitória verde e branca não tenha tardado muito a aparecer, para delírio dos muitos Sportinguistas que se deslocaram do continente, e desilusão para os adeptos da equipa da casa.

Foi um bom jogo de bola, com o Santa Clara a jogar melhor na primeira parte, e o Sporting na segunda parte a correr atrás do resultado.

Finalmente… OBRIGADO a todos pela forte presença no estádio!!!! Que isto se repita mais vezes em nome do grande arquipélago dos Açores.

Santa Clara soma e segue no campeonato

O Santa Clara deu continuidade à sua campanha impressionante na Liga NOS ao vencer o Desportivo das Aves por 1-2. Cerca de 40 adeptos da equipa Açoreana viajaram para a Vila das Aves para dar apoio aos jogadores.

Os encarnados de Ponta Delgada dominaram por completo a primeira parte, que teve direito a 2 golos de bola parada: um de Bruno Lamas de livre direto aos 16 minutos, e o outro de César aos 23 através de um canto batido por Patrick. Mais uma assistência para este craque!!!

Durante o intervalo os adeptos foram brindados com muita chuva, que desapareceu assim que começou a segunda parte. A equipa Avense deu cordas ao sapato, procurando outro resultado, mas teriam pela frente a massa adepta insular que puxou dos galões, silenciando todo um estádio.

O Aves finalmente chegou ao golo marcado por Derley, aos 75 minutos no entanto teve intervenção do vídeo árbitro. O árbitro da partida expulsou Fernando Andrade por alegadas palavras não muito simpáticas proferidas por ele. Com o Santa Clara reduzido a dez, o Aves tentou o empate, mas sem sucesso.

O Santa Clara segue firme no 5o lugar, à espera do que o Sporting (próximo adversário no campeonato) faz diante do Boavista.

« Entradas Mais Antigas