Obrigado? Não chega.

Já faz um ano que coloquei em suspenso este exercício saudável de escrever regularmente sobre o CDSC. Mas hoje faço parênteses nessa paragem.

Meu grande capitão, vi-te desde criança, tal como eu, nas bancadas sempre com os olhos postos no futuro, futuro esse que fez de ti o jogador que, provavelmente, mais anos representou o CDSC e aquele que tem mais jogos (360). Nem o saudoso Augusto Moniz jogou tanto, mas sei que ambos jogaram com a mesma paixão e com a mesma raça.

O caminho não foi fácil, acompanhaste os anos de glória e de sofrimento e isso só fez de ti melhor jogador, melhor capitão e melhor homem. Quem está de fora não imagina os sacrifícios que fizeste para que este clube, que tanto amas, não desaparecesse dentro do campo. Fizeste a tua parte? Não. Fizeste muito mais que isso, deste tudo de ti.

Por isso, obrigado não chega para te agradecer.

Um grande abraço e até já.

 

Bruno Domingues | Sócio nº 93

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s