Monthly Archives: Janeiro 2019

A velha máxima do “quem não marca sofre”

O Santa Clara perdeu ontem em Braga por 1-0 na 19ª jornada do campeonato.

As tropas orientadas por João Henriques contiveram como podiam os constantes ataques do Sporting de Braga na primeira parte, e as estatísticas comprovam isso mesmo: 66% de posse de bola e 5 remates da equipa da casa, contra 34% de posse da bola e apenas um remate do tímido Santa Clara, que raramente saiu do seu próprio meio campo durante os primeiros 45 minutos. Apesar disso, não houve qualquer lance que levasse algum perigo para a baliza Açoreana.

Na segunda parte, o Santa Clara teve uma oportunidade soberana de fazer o 1-0, através do castigo máximo (também conhecido por grande penalidade), oportunidade essa que Osama Rashid (de volta ao onze titular após a sua participação na taça asiática representando o Iraque) desperdiçou, permitindo a defesa de Tiago Sá. No lance a seguir, Accioly parecia ter tudo controlado, quando surge um jogador do Braga por detrás a roubar-lhe o esférico e passa para Dyego Sousa, que inaugura o marcador aos 56 minutos.

O Santa Clara sentiu-se na necessidade de dar a corda aos sapatos, ao contrário daquilo que fez na primeira parte. Viu-se um Santa Clara mais ofensivo, várias tentativas para igualar o resultado: o remate de Pineda que passou perto do poste esquerdo, e dois remates de Bruno Lamas aos 90 minutos, mas em vão.

O Santa Clara segue na 10ª posição do campeonato, a 3 pontos do 9º Rio Ave, com 1 ponto de vantagem sobre o 11º Marítimo, e a 5 pontos do antepenúltimo classificado (que este ano desce com os dois últimos para a segunda liga devido à colocação do Gil Vicente na Primeira Liga na próxima época) Boavista. O próximo jogo será em casa no Domingo às 14 horas (hora dos Açores) perante o Portimonense.

Anúncios

Voando até ao Minho

Esta terça-feira o açor desloca-se ao Minho para defrontar o poderoso SC Braga, num jogo a contar para a 19ª jornada da Liga NOS e irá realizar-se pelas 21h15 (hora continental/Madeira).

As equipas chegam a esta partida em momentos muito diferentes, isto, pois o SC Braga chega a este jogo após a eliminação da Taça da Liga, frente ao Sporting CP, contudo, a equipa não perde à 7 jogos e tem apenas 2 derrotas nos últimos 36 jogos. Estas estatísticas demonstram o poderoso SC Braga que o Santa Clara vai defrontar. Além disto, o “Gverreiros do Minho” estão no 3º posto da Liga NOS, com 40 pontos.  Forma nos últimos cinco jogos (VEVVE).

Relativamente aos açorianos, encontra-se na sua pior fase da época, não conseguindo vencer há 4 jogos e os seus dois últimos resultados foram derrotas, nomeadamente frente ao Marítimo e Benfica, em casa. Aliando-se a este facto, acontece que o Santa Clara não joga desde dia 19 de janeiro para as competições nacionais. Posto isto, realça-se ainda que a equipa de Ponta Delgada é o 10º classificado, com uma distância pontual muito ligeira relativamente às equipas que se encontram abaixo. Forma nos últimos cinco jogos (VDEDD).

No que toca ao histórico de confrontos entre os dois lados, o SC Braga leva uma clara vantagem sobre o CD Santa Clara, vencendo 4 jogos num total de 8 disputados, enquanto que os açorianos venceram apenas numa ocasião. Os restantes jogos resultaram em 3 empates. Importa referir o grande jogo que se passou na primeira volta entre estas equipas, que começou com os bracarenses a se adiatarem no marcador e a conseguirem uma boa margem (3 golos), mas que tiveram resposta por parte da equipa de João Henriques, tendo terminado assim empatado.

Por fim, antecipa-se um jogo muito difícil para os açorianos, num terreno muito difícil e com claro favoritismo para a equipa adversária.

Antevisão (treinador)

João Henriques veio fazer a antevisão do jogo desta terça-feira frente ao SC Braga.

O técnico realçou a vontade que a sua equipa tem de combater o favoritismo dos minhotos, apesar de ser um jogo muito difícil.

O timoneiro deixou ainda alguns elogios à temporada que a sua equipa está a realizar.

#santaclara #açoresdeprimeira

Amigos amigos, negócios à parte…

O Santa Clara perdeu hoje o duelo insular com os Madeirenses do Marítimo por 0-1 na primeira jornada da segunda volta do campeonato.

O golo do Marítimo surgiu através de um cruzamento pela esquerda, que Tagueu finalizou sem problemas. Serginho ficou colado ao relvado reclamando um suposto fora de jogo do avançado da equipa madeirense. O Santa Clara tentou várias vezes cheirar a baliza mas só rematou por 2 vezes à baliza no jogo todo. Uma estatística que não favorece em nada a equipa açoriana.

No intervalo houve tempo para uma demonstração de fair play entre os presidentes das duas equipas, com uma troca de camisolas, em exemplo do que tinham feito no estádio dos Barreiros na primeira volta.

O Santa Clara teve hoje um dia mau, com um futebol pobre, sem grandes ideias de ataque e sem a eficácia que caracterizava a equipa em praticamente todos os jogos realizados até hoje. A equipa sentiu claramente falta dos habituais titulares Patrick e Osama Rashid, tendo sido João Lucas a defesa direito (!) e Chrien de volta ao onze. Destaque ainda para a estreia do reforço de inverno, Lucas Marques para o lugar do lesionado Anderson Carvalho ainda na primeira parte.

Nada está perdido mas algo tem de ser feito para retomar o rumo às vitórias, seja em casa ou fora. O 9º lugar que ainda ocupa vai muito provavelmente deixar de o ser amanhã, com uma possível descida para o 12º lugar, esperando o que Rio Ave e Vitória de Setúbal fazem nos jogos de amanhã. O próximo jogo será em Braga, quarta-feira dia 30 de Janeiro.

Duelo insular à vista!

Este sábado pelas 19:30h (hora dos Açores) há duelo insular! Santa Clara vai defrontar no seu reduto o seu rival Marítimo. Este é um jogo a contar para a 18ª jornada da Liga NOS.

As equipas chegam a este jogo em dois momentos de forma bem diferentes. O Santa Clara vem de uma derrota sofrida em casa frente ao poderoso Benfica (0-2), enquanto que o CS Marítimo vem de uma vitória num terreno difícil, venceu por uma bola a zero o Boavista no Bessa.

Analisando agora mais detalhadamente como se encontram as equipas, temos primeiro os “encarnados açorianos”, que está há 3 jogos sem vencer e soma 7 derrotas nos últimos 10 encontros. Resumidamente, fica aqui o registo do CD Santa Clara nos últimos 5 jogos: DVDED. Apesar disto, o Santa Clara encontra-se na 9ª posição da tabela classificativa.

Passando agora à equipa madeirense, chega a este jogo após 2 vitórias consecutivas, no entanto, apresenta apenas 2 vitórias nos últimos 18 jogos e apenas 1 empate nos últimos 13 jogos. Ou seja, 10 derrotas nos últimos 13 jogos. Em suma, isto reflete o porquê dos “verde-rubros” se encontrarem no 14º posto, a 4 pontos da “linha de água”. Por fim, fica o registo dos últimos cinco jogos da equipa: DDDVV.

Olhamos agora para o histórico de confrontos, num total de 9 jogos disputados, o Santa Clara venceu em 2 ocasiões, o Marítimo em 3 e os restantes jogos resultaram em empates (4).

Posto isto, espera-se um jogo renhido, mas com favoritismo, apesar de não ser um claro favoritismo, para o lado da equipa de João Monteiro, pela posição que ocupa na tabela classificativa e por jogar em casa. Importa referir que o Marítimo encontra-se a 4 pontos do Santa Clara.

Antevisão (treinador)

Nos momentos que antecederam a antevisão deste jogo, o presidente da Santa Clara Açores – Futebol S.A.D. e o mister João Henriques anunciaram publicamente a renovação da equipa técnica até 2020.

Relativamente ao jogo de amanhã, o técnico do conjunto açoriano destacou o bom momento que o Marítimo atravessa (2 vitórias consecutivas). João Henriques referiu ainda que a sua equipa tem de se manter concentrada e não pode relaxar frente a este adversário de quer levar os três pontos.

#santaclara #football #futebol #açores

Águia vs Águia…Quem ganha?

Esta sexta-feira, pelas 18h (hora açoriana), Santa Clara e Benfica vão medir forças num jogo que vai contar para a 17ª jornada da Liga NOS.

Relativamente ao momento das equipas, começamos pela equipa insular. Esta equipa encontra-se num “baixo de forma”, isto, pois nos últimos 9 jogos apresenta 6 derrotas. Importa referir que nos últimos dois jogos, os resultados não sorriram ao CD Santa Clara, tendo perdido em casa com o Tondela em casa por 1-2 e no último jogo empatou com o Feirense (2-2) após ter estado a vencer por duas bolas a zero, tendo apresentado debilidades no setor defensivo. Resumindo, nos últimos cinco jogos o Santa Clara apresenta um registo com 2 vitórias, 2 derrotas e 1 empate (VDVDE).

No que respeita ao SL Benfica, não apresenta um registo muito negativo, no entanto, foi o suficiente para afastar do cargo o seu antigo treinador Rui Vitória, após a derrota frente ao Portimonense. Destaca-se que os encarnados apenas sofreram 1 derrota nos últimos 10 jogos e chegam a esta partida com a moral em alta, após completarem na Luz uma reviravolta frente ao Rio Ave, num jogo que terminou 4-2. Em suma, o Benfica apresenta um registo nos últimos cinco jogos de 3 vitórias, 1 empate e 1 derrota (VVEDV).

Relativamente ao histórico de confrontos entre as equipas, as águias levam uma clara vantagem sobre os açorianos, tendo num total de 7 jogos, 6 vitórias. O restante jogo resultou num empate. Destaca-se que estas equipas não se defrontam desde 2012, num jogo que os encarnados levaram a melhor sobre a equipa de Ponta Delgada (2-0), num embate que contou para a Taça da Liga.

Por fim, salienta-se que o Benfica parte como claro favorito para este encontro. No entanto, espera-se também um jogo muito disputado, isto, pois o Santa Clara tem sido um “osso duro de roer” esta temporada.

Antevisão (treinador)

João Henriques veio fazer a antevisão do jogo que coloca Santa Clara e Benfica frente-a-frente, mas desta vez, num local pouco habitual.

Foi no mercado da Graça, no seio de Ponta Delgada, que o técnico do Santa Clara afirmou que a sua equipa vai “fazer pela vida”.

O timoneiro dos açorianos referiu ainda que não espera encontrar fragilidades na equipa adversária e que vai ser um jogo difícil. Contudo, realçou a vontade e a importância de conquistar os três pontos perante um adversário que está na corrida pelo título.

Erros defensivos pagam-se caro… outra vez

O Santa Clara empatou hoje no terreno do Feirense a duas bolas numa partida a contar para o campeonato.

Num jogo em que o Santa Clara queria vingar a vitória do Feirense em 2008 que impediu a subida de divisão dos Açorianos na altura, o Santa Clara chegou à vantagem ao minuto 43 com Zé Manuel a fazer um chapéu ao guarda redes fogaceiro. O lance tinha sido inicialmente anulado pelo árbitro da partida Carlos Xistra, mas após a revisão do vídeo árbitro, reverteu a decisão, validando o golo.

Começa a segunda parte como acabou a primeira, ou seja mais um golo do Santa Clara, desta feita por Bruno Lamas que rematou para o fundo das redes após uma boa jogada coletiva, e onde o guarda-redes não esteve em bom plano. Se o jogo tivesse acabado assim, o título para a nossa crónica seria “a vingança serve-se fria”. Mas tal não aconteceu, infelizmente. O Feirense reduziu a desvantagem através da grande penalidade cometida por Alfredo Stephens, e Edinho não teve problemas em convertê-lo, à passagem da hora de jogo. O Santa Clara perdeu estabilidade defensiva, e isso foi notório no golo do empate do Feirense, onde Fábio Cardoso tem uma má abordagem à bola, deixando o avançado Valencia isolado para fazer o golo. O treinador da equipa visitante João Henriques tardou a fazer as substituições, dando a entender que o empate seria satisfatório dadas as circunstâncias do jogo.

O Santa Clara mantém-se em 9º lugar, ainda que possa descer para 11º, esperando pelos resultados do Benfica vs Rio Ave, e Porto vs Nacional. O próximo jogo será em casa frente ao Benfica na sexta-feira às 6:45 da tarde, que já está a causar polémica devido ao agendamento de última hora por parte da Liga que impossibilitou a maioria dos emigrantes da diáspora açoriana a residir nos Estados Unidos e Canadá de se deslocarem a Ponta Delgada a tempo da tão aguardada partida.

Feira ao domingo!

Este domingo pelas 15h (hora continental/madeira), disputa-se no Estádio Marcolino de Castro o jogo que coloca frente a frente o Feirense e o Santa Clara. Este é um confronto a contar para a 16ª jornada da Liga NOS.

As equipas chegam a esta jornada após perderem pontos na última jornada. Primeiramente, temos o CD Feirense, que vem de um empate sem golos frente ao Chaves, enquanto que o CD Santa Clara vem de uma derrota caseira sofrida frente ao Tondela (1-2). Ambos os lados procuram neste jogo levar os 3 pontos e assim responder à fase mais atribulada que atravessam.

Analisando mais detalhadamente o momento das equipas, começamos com a equipa de Santa Maria da Feira, que se encontra sem vencer há 7 jogos consecutivos, atravessando assim a sua pior série da temporada. Olhando num panorama mais geral, os fogaceiros apenas venceram numa ocasião nas últimas 10 partidas. Como é habitual, fica aqui o registo apresentado nos últimos 5 jogos (DEDDE).

Relativamente aos açorianos, apresentam um registo mais positivo, mas ainda assim com espaço para melhorar. Nos últimos 5 jogos venceram em 2 ocasiões e perderam por 3 vezes (DVDVD). No entanto salienta-se que nos últimos 8 jogos, sentiram o sabor da derrota por 6 vezes.

Destaca-se que a equipa de Ponta Delgada encontra-se na 9ª posição (20 pontos) e parte para este jogo como favorita, mesmo com o estatuto de visitante. Isto, pois a equipa de Nuno Manta se encontra em lugar de despromoção, na 17ª posição com 11 pontos conquistados.

Por fim, antecipa-se um jogo muito disputado, no qual se espera um Santa Clara mais ofensivo e a pegar no jogo e um Feirense mais paciente e a jogar em contra ataque. Contudo, o objetivo das duas equipas é claro: levar os 3 pontos.

Antevisão (treinador)

João Henriques veio fazer a antevisão do jogo frente ao CD Feirense deste domingo.

O técnico dos açorianos elogiou a qualidade defensiva da equipa adversária e salientou a dificuldade de jogar no reduto da equipa de Nuno Manta.

« Entradas Mais Antigas