Monthly Archives: Novembro 2018

A Liga NOS está de volta!!

Após mais um período de paragem para os jogos das seleções e para a taça de Portugal eis que o campeonato regressa à normalidade (até ver), começando a jornada nos Açores, onde o Santa Clara irá jogar hoje contra o Belenenses SAD.

O Santa Clara vem de duas derrotas seguidas com o Sporting em casa por 1-2 e com o Vitória de Guimarães fora por 2-0. O Belenenses SAD por outro lado vem de dois empates seguidos no campeonato: um nulo caseiro com o Boavista e 1-1 com no estádio do Portimonense. Ambas as equipas foram eliminadas da taça de Portugal por equipas da primeira liga, tendo o Santa Clara perdido 1-2 com o Chaves, e o Belenenses no Dragão com o Porto por 2-0. O Santa Clara encontra-se neste momento em 9º lugar com 14 pontos, enquanto o Belenenses segue logo atrás em 10º com 12 pontos. Portanto é importante para ambas as equipas obterem a vitória no encontro de hoje.

Antevisão do treinador:

O treinador João Henriques desvalorizou as derrotas sofridas nos últimos 3 jogos, tendo sido contra 2 clubes com aspirações para o top 5 da tabela classificativa do campeonato e o outro jogo na taça de Portugal. Ainda realçou o facto de o Belenenses ainda não ter perdido fora do seu estádio emprestado (o Jamor) e que é um clube que luta pelos mesmos objetivos que o Santa Clara.

https://www.facebook.com/1455420731447464/posts/2204832593172937/

As Chaves para a taça foram entregues, com muita pena

O Santa Clara não conseguiu repetir hoje a dose dada ao Chaves no campeonato, sendo eliminado da taça de Portugal de forma inglória.

A primeira parte foi equilibrada no início, com disputa de bola com oportunidades para o Santa Clara marcar logo de rajada, com um remate de Fernando Andrade para defesa do guardião flaviense. O Chaves inaugurou o marcador aos 25 minutos por Platiny. Quatro minutos depois viria o 2-0, marcado por André Luís.

O treinador do Santa Clara optou por fazer dupla alteração ao intervalo, e a equipa entrou para a segunda parte ao ataque. O golo de honra apareceu aos 56 minutos, num cabeceamento de Fábio Cardoso, que acabou por dar alguma esperança aos adeptos que o empate seria possível. Desde então o Chaves passou a desperdiçar o máximo tempo possível para segurar o resultado. O marcador não se alterou até ao final da partida.

Adeus à taça. Até para o ano.

De volta a casa, de volta à competição

Este domingo pelas 16h (hora açoriana) CD Santa Clara e GD Chaves medem forças num jogo a contar para a 4ª eliminatória da Taça de Portugal.

As equipas regressam a esta competição após a “paragem internacional” ou de seleções, tendo o Chaves realizado um jogo a contar para a Taça da Liga no dia 18 após a mesma, jogo este que se concretizou numa vitória por uma bola a zero frente ao Belenenses.

Importante referir que os flavienses, num panorama mais geral, no que respeita à sua forma, apresenta um momento menos positivo, tendo apenas conseguido vencer 2 jogos nos últimos cinco, os restantes jogos resultaram em 3 derrotas (VDDDV). Salienta-se também que a turma transmontana se encontra no último posto da tabela classificativa (Liga NOS).

No que toca aos açorianos, estes jogam em casa nesta eliminatória da prova rainha, o que pode ser uma vantagem frente a uma equipa que não está a ter um bom arranque de época, como está a ser o do GD Chaves. Relativamente à forma do Santa Clara, atravessa a pior fase da época, isto, pois chega a esta partida com 2 derrotas consecutivas. Contudo, num contexto de 5 jogos, a equipa de Ponta Delgada apresenta um registo não tão mau, ao conseguir 3 vitórias consecutivas antes desta fase menos feliz (VVVDD). Destaca-se que as derrotas sofridas foram frente ao Sporting CP e frente ao Vitória SC e que a equipa se encontra no 9º lugar da Liga NOS.

Resta apenas olhar para o histórico de confrontos entre as equipas. Num total de 22 jogos, o Santa Clara (incluindo um jogo na presente época – Liga NOS (CDSC 1-0 GDC)) levou a melhor sobre os transmontanos por 9 vezes, enquanto estes venceram em 7 ocasiões. Escusado será dizer que as restantes partidas resultaram em 6 empates.

Por fim, visto que é um jogo a eliminar, espera-se um jogo de alta rotação e muito disputado.

 

 

 

Má exibição da equipa traduz em nova derrota em Guimarães

O Santa Clara foi derrotado pelo Vitória de Guimarães por 2-0, a contar para a 10a jornada do campeonato.

A chuva que se fez sentir em Guimarães dissuadiu muita gente a vir ao estádio D. Afonso Henriques, e isso notou-se com a esmagadora maioria dos adeptos na bancada coberta e as outras quase vazias.

A primeira parte foi dominada pela equipa vimaranense, com transições rápidas da defesa para o ataque, remates à meia distância, e quando o Santa Clara tinha a bola, havia 2 ou 3 jogadores a fazerem a pressão sobre o portador da bola. O Vitória de Guimarães inaugurou o marcador, aos 26 minutos, com Alexandre Guedes a aproveitar um passe a abrir por completo a defesa subida do Santa Clara e cruzou para Davidson que cabeceou para o fundo das redes, sem hipóteses para Marco defender.

O Santa Clara defendia com quase todos os jogadores no seu meio campo, faltando depois um contra ataque rápido.

A segunda parte foi mais táctica, o Vitória só tinha de gerir o resultado. As alterações feitas por João Henriques pecaram por tardias, e não pareciam mudar nada no desenrolar da partida. Ukra finalmente fez a estreia, depois de vários meses com sucessivas lesões!! O Santa Clara ainda teve um ou outro remate com algum perigo no decorrer da segunda parte, e nem as bolas paradas salvaram o dia. O Vitória de Guimarães ainda teve tempo para fazer o segundo, aos 80 minutos, de grande penalidade (a segunda concedida pela defesa do Santa Clara nos últimos 2 jogos), por intermédio do internacional português André André.

Resumindo, foi um jogo para esquecer. O pior jogo da época. Um dia mau, acontece a todos. O próximo jogo é para ganhar, uma oportunidade para os jogadores se reerguerem, na taça de Portugal, dia 25 em casa com o Chaves.

Nós acreditamos em vocês!!!

« Entradas Mais Antigas