Monthly Archives: Agosto 2018

Um jogo de xadrez… quem faz o cheque mate?

Este sábado às 18:00 horas, o Santa Clara vai medir forças com o Boavista num jogo a contar para a quarta jornada do campeonato.

O Santa Clara vem de um empate sofrido a duas bolas frente a um Portimonense motivado, enquanto o Boavista vem também de um empate frente ao Feirense, num jogo em que o capitão da equipa axadrezada Idris foi expulso por acumulação de amarelos.

Em jeito de análise ao histórico de confrontos entre as duas equipas, o Boavista leva uma clara vantagem, com 6 vitórias em 9 jogos, enquanto que o Santa Clara venceu 2, ambos em casa. O último jogo realizado entre os dois clubes foi em 2008/2009, no estádio do Bessa, a contar para a então Liga Vitalis (hoje em dia a Ledman LigaPro), com uma vitória Boavisteira por 3-1.

Antevisão do treinador

O treinador do Santa Clara, João Henriques reiterou a importância dos pontos em casa para o clube subir na tabela classificativa. O treinador elogiou a equipa axadrezada, dizendo que é uma equipa muito competitiva e agressiva nos duelos individuais e que recupera rapidamente a posse de bola. Lembrou também que o Boavista conquistou 4 pontos em 6 possíveis na condição de visitante, que o Santa Clara vai fazer de tudo para que o Boavista não se sinta confortável e que vai tentar explorar os pontos fracos do Boavista.

Portimonense com pontinha de sorte empata com o Santa Clara

O Santa Clara empatou hoje com o Portimonense a duas bolas num jogo a contar para a terceira jornada do campeonato.

O Santa Clara depressa se adiantou no marcador com Fábio Cardoso a cabecear para as redes algarvias após um lançamento longo de Patrick Vieira aos 5 minutos de jogo. O Portimonense foi à carga procurando o golo do empate, mas o guarda redes Marco esteve em destaque a defender remates perigosos à sua baliza, mantendo o resultado ao intervalo em 0-1.

O Portimonense entrou para a segunda parte como acabou a primeira, com ganas de marcar e conseguiu fazê-lo aos 49 minutos após um remate de Ewerton à barra, Marco não conseguiu chegar à bola, deixando a baliza aberta para Bruno Tabata fazer o golo do empate. O Portimonense não demorou muito a fazer o 2-1 por intermédio de Wilson Manafá num remate cruzado pela esquerda sem hipótese para Marco aos 64 minutos de jogo. Se houve algo que se notou no jogo do Santa Clara frente ao Sporting de Braga foi a reação à desvantagem no marcador, e isso veio a repetir-se através de um canto no minuto a seguir ao golo do Portimonense, e por ironia foi o próprio Wilson Manafá a cabecear para a sua própria baliza. O Portimonense esteve perto de fazer o 3-2 aos 88 minutos mas o remate de Wellington saiu ao lado da baliza, fixando o resultado final em 2-2.

O Santa Clara jogará em casa frente ao Boavista no sábado às 18 horas (hora local) a contar para a 4a jornada do campeonato.

Uma nota para destacar as estreias de Anderson Carvalho, Mamadou Candé (que entrou para o lugar do lesionado Patrick Vieira) e do mundialista Abidel Arroyo com a camisa do Santa Clara e também para o regresso de Minhoca à primeira divisão após ter representado o Paços de Ferreira antes de jogar no Santa Clara.

Não vamos ao Algarve apanhar sol!

Este sábado pelas 16h30, Santa Clara e Portimonense medem forças no terreno dos algarvios. Este é um jogo a contar para a 3ª jornada da Liga NOS.

O jogo de hoje vai ser obviamente um jogo importante para ambos os lados, visto que as duas equipas procuram a primeira vitória no campeonato. Os açorianos chegam a este encontro com uma injeção de moral, após terem no último jogo conseguido o que é de facto, uma autêntica proeza futebolística. Esta proeza é a recuperação de um resultado de 3 bolas a zero e conseguir empatar, frente ao poderoso SC Braga. Relativamente ao Portimonense, chega a este jogo sem qualquer ponto e sem qualquer golo no campeonato. Nos últimos três jogos (1 para a Taça da Liga e 2 para a Liga NOS), a equipa de Portimão apenas conheceu o sabor da derrota.

Importante referir que o Santa Clara encontra-se no 15º posto da liga e o Portimonense surge como o último classificado (18º lugar).

Para concluir, olhamos agora para o histórico de confrontos entre as equipas. Num total de 29 confrontos, o Santa Clara claramente levou a melhor sobre os algarvios, apresentando o dobro das vitórias do que o seu adversário, com 14 resultados favoráveis, enquanto o Portimonense apenas 7.  Os restantes 8 jogos resultaram em empates.

Antecipa-se um jogo bem disputado, visto ambas as equipas se encontrarem muito distantes dos lugares cimeiros da tabela classificativa e ainda não terem conseguido vencer um jogo.

Antevisão (treinador)

O técnico João Henriques veio fazer a antevisão do jogo deste sábado frente ao Portimonense.

O timoneiro do Santa Clara desvalorizou o arranque de temporada mais atribulado dos algarvios e destacou a qualidade da equipa e mostrou-se feliz com a qualidade de jogo apresentada.

Primeira parte para esquecer, segunda parte de sonho, assim foi o primeiro jogo em casa do Santa Clara

O Santa Clara empatou com o Sporting de Braga 3-3 num jogo de loucos.

A equipa da casa até começou bem a partida com lances de algum perigo para a baliza bracarense mas foi o Braga a adiantar-se no marcador por intermédio de Pablo aos 24 minutos através de um canto. Nem 5 minutos tinham passado e Wilson Eduardo aproveitou uma hesitação de João Lucas e Marco para fazer o 2-0. Aos 39 minutos timoneiro do Santa Clara, João Henriques sentiu a necessidade de efectuar uma alteração ao substituir o capitão Pacheco para fazer entrar Fernando Andrade, que regressa de lesão. Um minuto depois Dyego Sousa desferiu um remate indefensável para a baliza da equipa da casa, fazendo o 3-0. Foi uma primeira parte que virou pesadelo para o Santa Clara.

O Santa Clara entrou de cara lavada para a segunda parte e Thiago Santana marcou logo aos 46 minutos, através de um cruzamento de Patrick Vieira, sendo o primeiro golo do Santa Clara na Liga NOS. O festival de golos não ficava por aqui, porque Zé Manuel aproveitou o passe do Thiago Santana para fazer o 2-3 aos 60 minutos. Thiago saiu lesionado e não conseguiu evitar as lágrimas após ser substituído por Alfredo Stephens. O jogo parecia estar ter o golo do empate, e este surgiu num canto com Fábio Cardoso a marcar de cabeça aos 65 minutos. Aos 80 minutos, Patrick Vieira ainda tentou a sua sorte num livre directo mas Matheus defendeu e o resultado não viria a alterar até ao final da partida. O Santa Clara joga no sábado em Portimão frente ao Portimonense.

Por fim uma palavra de apreço aos jogadores do Santa Clara que não desistiram mesmo estando a perder 3-0 ao intervalo e dando um presente aos adeptos açorianos com um empate épico.

« Entradas Mais Antigas