Monthly Archives: Dezembro 2017

Quem é quem?

Está semana lançamos mais um desafio aos nossos seguidores.

No quem é quem desta vez vamos dar destaque a mais um jogador nascido no norte do país, no Paraíso mais propriamente. Achamos que são pistas suficientes para adivinharem.

De quem é que estamos a falar?

Marco Pereira

Que tal? Está na mesma.

_MG_1464

Anúncios

1ª parte no Céu, 2ª parte no inferno.

Uma exibição perfeitamente esquizofrénica do CDSC. Na primeira parte a equipa espalhou magia e jogou em todo o campo. O maior de todos foi João Reis, sempre muito pressionante, a demonstrar que é um desperdício jogar a lateral esquerdo. E o golo que marcou, dos melhores que vi em muito tempo.

Na segunda parte, um inferno. 4 golos sofridos e uma nulidade no ataque. Perdemos totalmente a luta a meio-campo com a entrada de Diogo Cunha. O Homem meteu Pineda, nada fez, Clemente e Guilherme e estes nada fizeram, porque a bola não chegava lá.

E Diogo Santos? Deixou de ser opção porquê? Ter Kaio, Pacheco e Diogo Santos em jogo não seria um tampão fundamental para as intenções do Famalicão? Já não é a primeira vez que perdemos o jogo porque a equipa não está equilibrada a meio-campo. Foi assim em Alcochete.

E Marcelo Oliveira. Tentar tirar a bola a um avançado que está de costas para a baliza, nem nos infantis. Erro clamoroso.

O quarto golo do Famalicão é mais uma enorme desatenção da defesa que deixa Rui Costa totalmente sozinho. Não pode acontecer.

Já fizeram coisas muitos boas esta época. Isso ninguém pode tirar o mérito. Mas já são muitos jogos em que “as coisas não correm bem”.

Já são 4 jogos sem ganhar, muitos golos sofridos (3ª defesa mais batida) e em 12 pontos possíveis só fizemos 2. Daí o descalabro na tabela classificava com a possibilidade de descer para 8º no final desta jornada.

No final da partido o Homem referiu na “flash interview” que a equipa está cansada, com muitas viagens. Infelizmente isso não vai melhorar até final da época. Por isso não vejo como é que isso vai deixar de ser problema, só se comprarmos uma equipa nova em janeiro.

FCF – CDSC (Antevisão)

Sábado, dia 9 de dezembro pelas 11h15, FC Famalicão e CD Santa Clara vão medir forças num jogo a contar para a 16ª jornada da Ledman LigaPro.

Este é mais um jogo importante no “caminho” do Santa Clara e também do Famalicão na liga, visto que é um duelo que coloca frente a frente duas das melhores equipas do campeonato até ao momento.

Relativamente ao momento de cada equipa, temos o Santa Clara que vem de um empate caseiro frente ao Nacional (1-1) e apresenta uma queda de forma, apresentando nos últimos cinco jogos apenas duas vitórias, dois empates e duas derrotas. O que resultou na queda classificativa do clube para o 4º lugar. Quanto ao Famalicão, este vem de um empate frente à Académica, mas que, apesar disto, apresenta um registo mais positivo nos últimos cinco jogos, o qual consiste em três vitórias, um empate e uma derrota. Importante referir que se encontra no 2º posto da tabela classificativa e que a distância pontual entre as duas equipas é de apenas um ponto.

No que diz respeito ao histórico de confrontos entre ambas as equipas, estas defrontaram-se em seis ocasiões, tendo o Santa Clara dominado em grande parte dos jogos, apresentando cinco vitórias contra apenas uma do Famalicão.

Por último, é esperado um jogo equilibrado e um ritmo elevado devido à importância que o mesmo representa para ambos os lados na luta pelo primeiro lugar.

Antevisão (treinador)

Desta vez não foi Carlos Pinto que fez antevisão, mas sim o adjunto Marco Louçano e  Diogo Santos (médio que passou pelo clube).

Diogo Santos referiu que será um jogo complicado, e que a massa adepta do Famalicão é um fator diferenciador que poderá dar um alento especial para a equipa chegar à vitória. Contudo, referiu que o Santa Clara tem de se abstrair disso e obter um resultado positivo.

Marco Louçano afirmou que este é um jogo de extrema importância e que a equipa quer ganhar. Abordou ainda o tópico do jogo da Taça de Portugal na quarta-feira frente ao Moreirense e referiu que o foco principal agora é o Famalicão.

 

Parabéns Serginho

Hoje é dia de aniversário do nosso guarda-redes Serginho, Mãos de Ferro.

O guardião encarnado está na sua 4 época ao serviço do CDSC. Reconhecido como um dos grandes guarda-redes desta Liga, tem transmitido muita confiança à equipa com defesas do outro mundo.

12_serginho

Serginho

Parabéns Serginho e muito sucesso são os desejos do Carrega.

Thiago “Bola na Rede” Santana, 10 golos

Ele prometeu e cumpriu! Ontem frente ao Nacional Thiago Santana chegou ao décimo golo esta época, 9º na Liga, e atingiu o seu objetivo para esta época de 10 golos.

Mas como ainda falta muito campeonato perguntamos qual é o próximo objetivo?

 

Parabéns Thiago.

Contador de Promessas | 4 de Dezembro

Após o jogo de ontem atualizamos o nosso Contador de Promessas.

Mister Carlos Pinto

26 pontos >> faltam 15 pontos (12 em disputa)

Thiago Santana

10 golos >> objetivo concretizado.

Ao nosso Contador de Promessas também juntamos o nosso Contador de Erros Grosseiros dos árbitros.

1 penalti por marcar: CDSCACC

1 penalti mal marcado: FCPBCDSC

1 Golo anulado: FCPBCDSC

Expulsão Minhoca: GVFCCDSC

1 Penalti mal assinalado: SCPBCDSC

1 Golo mal anulado: SCPBCDSC

2 Penalties por marcar: SCPBCDSC

1 Penalti por marcar: CDSCVSCB

 

E não se esqueçam, lançamos o desafio ao restante plantel para juntarmos mais promessas ao nosso Contador.

 

Ganhámos um ponto.

O CDSC ontem empatou 1-1 contra o Nacional. Até aqui tudo normal. O problema é que falhamos o ataque ao primeiro lugar e já vamos no terceiro jogo em casa sem vencer.

Falta de sorte, baixou o rendimento da equipa, várias poderão ser as razões.

O que é certo é que o “Homem” bem tentou mudar alguma coisa. Colocou Clemente de início, para jogar com uma referência no ataque e ter Fernando fresco para fazer estragos na segunda parte.

E a estratégia resultou na perfeição. O CDSC marcou primeiro, aos 56 minutos através de Thiago Santana, num canto marcado por Minhoca.

O problema foi depois. Mais um golo esquisito, onde a defesa pára à espera do fora-de-jogo e o avançado do Nacional entra pela grande área como uma faca em manteiga de verão.

Assim custa perder pontos. Salva-se que o Ac. Viseu foi goleado na Camacha pelo União da Madeira e os restantes adversários empataram também. Ainda assim subimos para o 3º lugar com os mesmos pontos que o Leixões.

Sábado teremos um jogo bem difícil frente ao Famalicão. Não pensem que será como na Taça da Liga. Este Famalicão não tem nada haver com o outro.

Mas com cabeça fria, concentração e muita crença vamos vencer o jogo.

« Entradas Mais Antigas Recent Entries »