Monthly Archives: Dezembro 2017

Parabéns João Pedro

Hoje é dia de aniversário do defesa João Pedro.

_MG_1479

O Carrega deseja as maiores felicidades.

Anúncios

Anda Pacheco!

O CDSC ontem empatou a uma bola com o Real em Queluz. O jogo foi muito macio por parte do CDSC, valeu realmente o Capitão Pacheco que enquanto esteve em campo jogou e fez jogar.

Sem o Homem no banco a equipa ficou à responsabilidade de Marco Louçano, mas foi um CDSC já em pré-férias que jogou ontem. Uma exibição sem o fulgor e a raça de outros jogos. O Real não ofereceu grande resistência ao longo da primeira e foi com naturalidade que o CDSC chegou à vantagem na passagem da meia-hora de jogo. Quem mais poderia ser o marcador do golo? Thiago “Bola na Rede” Santana. Num cruzamento de Minhoca, o Capitão cabeceia para defesa do guarda-redes adversário e na recarga, oportunamente, Santana encosta para faturar.

Até final da primeira o CDSC ainda fez mais alguns remates, Osama e Minhoca, mas sem sucesso.

No reatar da partida, e novamente sob a batuta do Capitão o CDSC foi mais perigoso mas sem nunca conseguir matar o jogo. Santana, Fernando e o Capitão Pacheco tentaram aumentar a vantagem. Fruto dessa pressão relativa, foi o remate à barra do homem com a braçadeira.

Depois disso só mesmo Kaio é que criou algum perigo, com dois esticões na defesa do Real, mas os cruzamentos não encontraram ninguém na grande área. Kaio que entrou para o lugar do Capitão aos 58 minutos.

Até final a equipa tentou segurar a magra vantagem, mas o Real acreditou mais e aos 91 minutos marcou o golo do empate, num lance muito atabalhoado tanto da nossa defesa como do ataque do Real.

Em resumo um CDSC q.b. teria vencido o Real sem problema, mas fruto dos últimos resultados a equipa entrou no jogo cansada fisicamente e com uma descrença total no seu valor. Este teria sido o jogo ideal para dar a volta por cima, para ganhar bem e jogando o suficiente, mas infelizmente não foi isso que aconteceu.

Como adepto estou triste. Já vi a equipa fazer maravilhas esta época, não posso esquecer o jogo em Alcochete, apesar da derrota foi uma demonstração de crer e de raça, das vitórias frente ao Gil Vicente, Benfica B (com menos 1 jogador) fora de portas, das duas vitórias para a Taça em casa (Belenenses e Chaves) e o empate fora, contra o Moreirense, das vitórias em casa contra o Sp. Covilhã, Guimarães B, Académica e União da Madeira. Não posso esquecer as três dezenas de golos marcados, aquele golo do João Reis em Famalicão foi soberbo.

Mas neste momento não temos visto nada disso. E por isso estou triste. E acho que tenho direito a isso.

 

Antevisão Real – CDSC

Amanhã pelas 15 horas o CDSC irá defrontar o Real, em Massamá, num jogo a contar para 18ª jornada da Ledman LigaPro. Esta será a primeira vez que as duas equipas vão-se encontrar.

Esta será a última partida do CDSC em 2017 e apesar do mau momento da equipa não podemos esperar outra atitude que não seja lutar pela vitória.

Na antevisão à partida Marco Louçano frisou que o grupo quer dar a volta a este período menos positivo.

 

Amanhã será um bom dia para dar a volta por cima e nós vamos estar lá para apoiar.

 

CDSC 0-0 Oliveirense

O CDSC empatou ontem a zero frente à Oliveirense em jogo a contar para a 17ª jornada da Ledman LigaPro. Foi o terceiro empate desta época.

O CDSC entrou no jogo forte, como é habitual, e logo aos 6 minutos poderia ter ficado em vantagem num lance dividido entre Fernando e os defesas da Oliveirense.

Até final da primeira parte foi um festival de golos perdidos por parte do CDSC, principalmente pelos pés de Fernando.

Na segunda parte a história foi mais ou menos a mesma, a diferença foi que o CDSC ficou a jogar com menos um aos 80 minutos, por expulsão de Marcelo.

Mais dois pontos perdidos em casa. Caso tivesse-mos vencido feito um primeira volta melhor em casa, neste momento estaríamos confortáveis no primeiro lugar. Já referi isso anteriormente, este campeonato não será do que ganhar mais, mas sim do que perder menos.

Outro fato de realçar é que este CDSC não está talhado para jogar nesta divisão. Veja-se que nos confrontos com equipas da I Liga tivemos duas vitórias e um empate. Foram só três jogos, é certo, mas é sintomático de que não nos damos bem com equipas que jogam com o autocarro em frente à baliza.

Quinta-feira em Massamá será o último jogo do ano e como adepto queria uma prenda no sapatinho, uma vitória.

 

Antevisão CDSC – Oliveirense

O CDSC joga amanhã frente à Oliveirense pelas 15 horas no Estádio de S. Miguel. Este será o terceiro jogo no espaço de uma semana.

Depois de no Sábado passado ter jogado contra o Famalicão, na quarta contra o Moreirense, amanhã o CDSC vai defrontar a Oliveirense em sua casa. A equipa do distrito de Aveiro está em posição complicada na tabela classificativa e estará no Estádio de S. Miguel com vontade de pontuar.

O primeiro encontro entre estas duas equipas esta época não é de boa memória para o CDSC, visto que fomos eliminados da Taça da Liga em Julho.

Passados cinco meses o percurso de ambas as equipas tem sido bastante distinto. O CDSC anda nos primeiros lugares e a Oliveirense perto da linha de água. Mas na II Liga isso nunca quer dizer nada. E foi isso mesmo que o Homem disse na antevisão da partida.

 

De salientar que o clube está a organizar uma recolha de brinquedos para a Associação de Solidariedade Social da Mãe de Deus.

 

Por isso já sabe, chegue cedo e seja solidário.

Era bom, mas acabou-se.

O CDSC foi eliminado ontem pelo Moreirense na 4ª Eliminatória da Taça de Portugal. Foram precisos 90 minutos, mais 30 minutos e mais 14 penalties para que o jogo termina-se.

Mais uma vez o CDSC entrou forte na partida com Osama a marcar o 1-0 logo aos 6 minutos, na conversão de uma grande penalidade cometida sobre Clemente, El Matador. Minutos mais tarde o mesmo Osama poderia ter aumentado a vantagem para 2-0, novamente na conversão de uma grande penalidade cometida sobre Kaio. Mas Jonathan defendeu.

O Moreirense equilibrou a partida e marcou o golo do empate aos 34 minutos num remate enrolado que bateu em Vítor Alves antes de entrar na baliza. Marco nada podia fazer.

Na segunda parte o Moreirense entrou forte e chegou à vantagem aos 54 minutos, num lance em que o avançado do Moreirense cabeceia sozinho na pequena área.

Com as substituições o CDSC ficou mais forte, Fernando e Thiago Santana fizeram estragos na defesa verde e branca. Mas só aos 91 minutos, num desentendimento da defesa do Moreirense, é que o CDSC chega ao empate. Mais um golo de Thiago Santana.

No prolongamento o CDSC continuo a pressionar forte o Moreirense. Aos 108 minutos Vítor Alves comete uma grande penalidade sobre Abarhoun. Marco, mais uma vez, foi decisivo para manter o CDSC na Taça ao defender a grande penalidade.

No final do prolongamento o resultado estava empatado e foi preciso recorrer ao desempate através da marcação de grande penalidades.

O CDSC marcou os quarto primeiros penalties, falhou o quinto (que poderia ter dado a vitória), marcou o sexto e falhou o sétimo. O Moreirense passa à próxima eliminatória e o CDSC fica pelo caminho. Terminou o sonho do Jamor.

Domingo temos mais um jogo importante desta vez para o campeonato frente à Oliveirense, a partir das 15 horas no Estádio de S. Miguel.

Antevisão Moreirense – CDSC

Amanhã o CDSC defronta o Moreirense, equipa da I Liga, na 4ª Eliminatória da Taça de Portugal.

Jogo difícil em Moreira de Cónegos, não pelo valor da equipa, mas pelo momento menos bom que o CDSC atravessa.

No entanto na Taça de Portugal o CDSC tem feito maravilhas ao eliminar duas equipas da I Liga, Belenenses e Chaves. O Moreirense será em teoria a equipa mais fraca destas três, mas tem a vantagem de jogar em sua casa.

Só um CDSC ao mais alto nível, como já demonstrou anteriormente, é que poderá fazer história e levar uma equipa açoriana à 5ª Eliminatória da Taça de Portugal.

Na antevisão da partida o técnico Moreirense, Sérgio Vieira, referiu que respeita o CDSC mas que o Moreirense terá de mostrar o seu estatuto de equipa da I Liga.

 

Já o Homem referiu que a equipa está com vontade de fazer história.

« Entradas Mais Antigas