Monthly Archives: Novembro 2017

Sorteio Oitavos de final da Taça de Portugal | LIVE

Assista em direto ao Sorteio dos Oitavos-de-final da Taça de Portugal.

O CDSC vai ficar a saber quem vai ser o seu adversário para esta Eliminatória.

Moreirense – CDSC. Carrega Santa.

O Praiense recebe o Farense em casa.

 

 

Anúncios

Quem é quem?

O Carrega descobriu algumas fotografias antigas de alguns jogadores do CDSC. Hoje lançamos a primeira para as pessoas descobrirem quem é quem.

Quem é este menino? Fica a pergunta.

Minhoca

Parece difícil mas este menino é o Mágico Minhoca.

_MG_1486

Será que foi só uma vitória?

No passado domingo do CDSC venceu o Chaves por 2-0 em jogo a contar para a 4ª Eliminatória da Taça de Portugal.

No final das contas foi só uma vitória que dá acesso à 5ª Eliminatória da prova Rainha do futebol português. Será que foi só isso?

Penso que não. Primeiro, é importante dizer que o CDSC está entre as 16 melhores equipas em Portugal, visto que a Taça engloba todas as equipas de todos os escalões.

Depois, o destaque da vitória do CDSC na comunicação social nacional foi enorme. Assim, numa vista de olhos rápida o CDSC esteve na capa do 3 jornais desportivos nacionais e no Açoriano Oriental (isso é normal). Foi notícia no canais de televisões generalistas e de desporto. Foi notícia em diversas plataformas digitais de orgãos de comunicação social especializados e generalistas (web).

Mas mais importante que tudo isso: estiveram quase 3500 pessoas no Estádio de S. Miguel a assistir a este jogo e importa referir que o CDSC vinha de um empate em casa frente ao Leixões. Não sou daqueles que acha que os adeptos foram lá para ver o Chaves jogar. Foram lá porque começam a perceber que o CDSC está diferente, mesmo quando não ganha. Importa também referir que o apoio da Bruma Vermelha contagia toda a bancada para galvanizar a equipa.

No entanto existem situações em que todos temos que melhorar. Neste momento o Estádio de S. Miguel não tem capacidade para suportar essa afluência tão grande de adeptos. Queremos que as pessoas venham aos jogos mas a oferta tem que ter qualidade. Mas também não é menos verdade que chegar 20 minutos antes da partida e esperar que se consiga entrar rapidamente é arriscar um bocado.

Por isso acho por bem começar a alertar, não só a estrutura diretiva do clube bem como os próprios adeptos, para um comportamento que ajude todos a terem uma melhor experiência quando vão ao futebol.

O estacionamento no Estádio de S. Miguel é reduzido. Não podemos obrigar as pessoas a irem todas juntas, mas se puderem juntar e levar só um carro, por exemplo, já ajudaria um pouco. Comprar os bilhetes antecipadamente na sede do clube, chegar cedo ao jogo, são atitudes que podem ajudar a que todos que possam ter uma tarde mais calma, porque para emoções fortes já bastam os 90 minutos da partida.

No que diz respeito à estrutura diretiva é importante ter os torniquetes de entrada abertos. Existem 3 entradas no estádio de S. Miguel e devem de estar todas funcionais. Em relação às bilheteiras são quarto e provavelmente insuficientes para tanta afluência. Bem sei que tudo isto tem um custo, são mais pessoas a trabalhar, é necessário mais segurança etc etc. Mas o custo maior será perdermos adeptos que não vão aos jogos porque demoram muito tempo a entrar.

A solução para este problema será uma valsa, onde a organização do jogo e os adeptos têm que se juntar e dançarem da mesma forma.

 

Revista de Imprensa | 20 de Novembro

Após a brilhante vitória de ontem passamos em revista a imprensa regional e nacional
sobre o que foi dito acerca do CDSC.

 

23674862_1773579479326908_6769057650019581365_o

Capa do Açoriano Oriental de 20 de novembro

Açoriano Oriental

thumb_rtpAçores_positivo-1

RTP-AÇORES

img_467x599$2017_11_20_01_46_57_1335974

Record

Galeria de Fotos

 

wdia_grande

A Bola

Reação Carlos Pinto

Galeria de Fotos

o-jogo-2017-11-20-8527a8

O Jogo

zerozero_fundo

zerozero.pt

 

600.5550e1820cf20a7c78a7586a

Mais Futebol

 

logo

Bancada.pt

Reação Carlos Pinto

Artigo de Opinião 1

Artigo de Opinião 2

 

739988.gif

DN

logo_share

Público

CDSC de primeira

O CDSC venceu hoje o Chaves por duas bolas a zero em jogo a contar para a 4ª Eliminatória da Taça de Portugal. Num jogo em que o CDSC não era o favorito à vitória, o Chaves entrou na partida a demonstrar porque razão está na Liga NOS. Mas depois dos 15 minutos iniciais só deu CDSC.

Depois de Osama ter lançado o alerta aos 12 minutos, na conversão de um livre, Fernando abriu o marcador aos 19 minutos numa jogada de envolvimento do ataque açoriano.

Quatro minutos depois Vítor Alves aumentou a vantagem num lance de bola parada., onde a bola percorreu a grande área flaviense e o defesa encarnado só teve que encostar.

Até ao intervalo nota para mais um lance de perigo com Thiago Santana a cabecear para as mãos de António Filipe.

Na segunda parte Luís Castro arriscou tudo, mas continuou a ser o CDSC a criar mais perigo. Thiago Santana teve na cabeça mais uma hipótese de fazer o terceiro golo do CDSC, mas o poste não deixou que assim fosse.

Até final da partida destaque para a defesa de Marco Pereira numa grande penalidade contra o CDSC.

Grande vitória do CDSC, já igualou o seu melhor resultado na Taça. Agora venha quem vier é para ganhar. Aliás existe uma equipa que não queríamos defrontar neste momento, o Praiense. Os nossos parabéns para a brilhante e sofrida vitória que tiveram.

Não queremos terminar esta crónica sem chamar a atenção para vários aspetos práticos nos jogos do CDSC. Cheguem cedo ao Estádio, tentem ir o maior número de pessoas por cada carro (o estacionamento é escasso) e por favor abram mais torniquetes de entrada. Tem sido frequente que quase 50% dos espectadores entrem já com a partida a decorrer. Ainda assim foram cerca de 3500 pessoas que estiveram hoje no Estádio de S. Miguel.

Parabéns a todos.

CDSC 2-0 Chaves | LIVE BLOG

O CDSC e o Grupo Desportivo de Chaves defrontam-se hoje pelas 15 horas no Estádio de S. Miguel. Um jogo que conta para a 4ª Eliminatória da Taça de Portugal. Não esquecemos que também à mesma hora o Sp. Ideal e o Praiense começam as suas partidas, na Ribeira Grande e na Praia da Vitória. Boa sorte a todos e que no final do dia desejamos que tenham feito história.

Termina a partida no Estádio de S. Miguel. Grande vitória. Parabéns rapazes.

Vamos lá fazer a Festa! Já faltou pouco para atingirmos a 5ª Eliminatória.

Pimbas, 3 em 3. Entra Pineda e sai Minhoca.

Amarelo para Vítor Alves.

Amarelo a João Reis.

Vamos apostar na entrada de Pineda para a reta final da partida. Vamos lá ver se acertamos na 3 substituições.

Amarelo para Pacheco.

Entrada de Kaio e saída de Thiago Santana.

CDSC continua forte e apostamos na entrada de Kaio para o final da partida.

GRANDE DEFESA DE MARCO PEREIRA. Defende a grande penalidade e segura a vantagem de 2 golos. Carrega para a vitória Santa.

Cartão amarelo para Marcelo e grande penalidade.

Entrada de Clemente para a saída de Fernando.

Amarelo a Thiago Santana.

Mais uma jogada de Minhoca e grande defesa de António Filipe. Anda com fome de golos o Minhoca, vai-ser hoje.

CDSC continua a pressionar e a tentar chegar ao terceiro. Para nós está na altura de meter “El Matador. Clemente para dentro.

Bola no poste. Cabeceamento de Marcelo num canto marcado por Osama. Quase quase o terceiro.

Recomeça a 2ª parte no Estádio de S. Miguel. Faltam 45 minutos para atingirmos o sonho da 5ª Eliminatória.

Intervalo no Estádio de S. Miguel, CDSC vai a ganhar por 2-0 para os balneários.

Amarelo para Osama.

Melhor início era impossível. Depois de um início forte do Chaves o CDSC equilibrou as forças e carregou sobre a grande área do Chaves e já marcou 2 golos. Bravo rapazes.

Lance de entendimento entre Fernando e Thiago Santana com o guarda-redes António Filipe a fazer uma grande defesa. Esteve à vista o terceiro.

GOOOOLLLOOO VÍTOR ALVES marca o segundo.

GOOOOOLLLOOOOOOOOO!!!!!! Fernando. CDSC sai na frente.

Lance de algum perigo na baliza do Chaves, livre marcado por Osama por cima do travessão. Antes Ruben Ferreira levou cartão amarelo por obstrução a Fernando.

Pressão muito forte do Chaves que resultou na obtenção de 3 pontapés de canto.

Já rola a bola no Estádio de S. Miguel. Carrega para a vitória.

Já estamos em pulgas para a partida começar. Vamos lá fazer história rapaziada.

As duas equipas vão alinhar com os seguintes onze:

CDSC equipa titular:

99 – Marco Pereira | 20 – Toni | 3- Marcelo | 37 – Vítor Alves | 17- João Reis | 8 – Pacheco |  6 – Osama | 10 – Minhoca | 30 – Saldanha  | 93 – Fernando Andrade | 14 –  Thiago Santana

No banco o Homem terá à sua disposição:

1 – Rodolfo | 29 – João Pedro |  61 – Kaio | 7 – Burke | 11 – Pineda | 16 – Guilherme | 9 – Clemente

 

Chaves equipa titular:

António Filipe | Paulinho | Domingos Duarte | Maras | Ruben Ferreira | Patrão | Tiba | Bressan | Davidson | Platiny | Hamdou

Suplentes:

Emanuel Novo | Anderson | Jefferson | Perdigão | Jorginho | Pedro Queirós | Matheus Pereira.

 

O árbitro da partida será Hugo Miguel da Associação de Futebol de Lisboa.

CDSC – GDC (Antevisão)

Este domingo Santa Clara e Chaves encontram-se pelas 15h (16h continentais) em Ponta Delgada, num jogo importantíssimo para as ambições de ambas as equipas na prova rainha.

Após o período de jogos de seleções, a competição a nível clubístico volta e logo com a Taça de Portugal. Os “encarnados de Ponta Delgada” que no seu último jogo empataram com o Leixões, têm de responder da melhor forma ao resultado anterior, e nada melhor que eliminarem os “transmontanos” e assim provocar mais uma surpresa na presente época a uma equipa da primeira liga, visto que o Santa Clara já afastou o Belenenses desta mesma competição.

O Chaves como equipa da primeira liga, parte como favorita e quererá obviamente eliminar a formação dos Açores de modo a prosseguirem na competição e darem continuidade à vitória que tiveram frente ao Paços de Ferreira por quatro bolas a duas.

O Santa Clara e o Chaves já se defrontaram por vinte vezes, apresentando um grande equilíbrio nos resultados conseguidos por ambas as equipas. Os açorianos venceram por sete vezes, tal como os flavienses e empataram em seis ocasiões. Dos vinte jogos, apenas dois foram para a Taça de Portugal, nos quais, novamente, as equipas apresentaram uma concordância a nível de resultados, vencendo cada uma delas por uma ocasião.

Posto isto, avizinha-se um jogo bem disputado por duas equipas que ambicionam avançar na prova rainha, num jogo de extrema importância a nível da competição em que estão inseridos, mas também dos objetivos traçados para a época.

Antevisão (Treinador)

Carlos Pinto não esconde que é um jogo especial para ele, isto deve-se ao facto do treinador do Santa Clara já ter passado pelo clube de Trás-os-Montes.

O treinador ainda teceu alguns elogios ao Chaves e ao seu treinador Luís Castro e prometeu também um Santa Clara ambicioso, que irá apresentar o claro objetivo de ganhar.

« Entradas Mais Antigas Recent Entries »