Coimbra teve mais encanto, mas o CDSC é que marcou.

Quarto jogo da II Liga e nova vitória para o CDSC. O jogo com a Académica criou muita expectativa junto dos adeptos do CDSC, que corresponderam aos apelos da equipa, e compareceram em massa na quarta-feira. Assim foi, apesar de ser um dia de semana e a hora de trabalho, foram perto de 1500 os adeptos que estiveram no Estádio de S. Miguel.

Esperamos todos que assim se mantenha.

Quanto ao jogo o CDSC mais uma vez foi inteligente na forma como abordou a partida. Deu o domínio de bola à Académica e ficou com o controlo do jogo. Apesar da Académica fazer as despesas do jogo o CDSC criou sempre muito perigo para a baliza de Ricardo. Num dos lances em que Fernando esticou a defesa da Briosa resultou o pênalti que viria a ser convertido por Osama, quem mais. Passava o minuto 6.

 

Depois a Académica reagiu ao golo e intensificou a pressão sobre a baliza de Serginho e à passagem dos 20 minutos mandou um bola ao poste a remate de Chiquinho.

À meia-hora o árbitro João Capela marcou grande penalidade contra o CDSC cometida por Diogo Santos. Chiquinho converteu o lance em golo e fez o empate.

O mister Carlos Pinto reagiu ao golo do empate e ainda na primeira parte, aos 34 minutos fez entrar Minhoca para o lugar de Saldanha. Esta alteração permitiu ao CDSC controlar mais a bola e a os últimos 10 minutos da primeira parte foram o melhor período do CDSC em todo o jogo.

Aos 44 minutos numa jogada que em Fernando mais uma vez fura a defensiva academista a bola sobra para João Reis que com um cruzamento à medida mete a bola na cabeça de Thiago Santana para fazer o 2-1.

Aos 46 minutos num livre na meia esquerda marcado por Osama, a bola ressalta em vários jogadores até Mike empurrar a bola para a baliza da Académica e fazer um autogolo. 3-1 foi o resultado ao intervalo.

Na segunda parte o futebol ficou no balneário. O CDSC fisicamente claudicou e a Académica atacou muito mas sem grande critério. Lances de destaque na segunda parte só existiram 3. Primeiro uma grande penalidade a favor do CDSC não assinalada, depois a expulsão de Guima e por fim uma defesa soberba, mais uma, de Serginho já em período de descontos.

Na conferência de imprensa no final da partida os dois técnicos estiveram de acordo dizendo que o resultado não merecia qualquer contestação.

 

Próximo domingo mais um jogo difícil frente ao Porto B em Gaia. São esperadas muitas alterações no 11 inicial do CDSC, visto que este será o terceiro jogo em 9 dias.

Estamos na frente e estamos sozinhos. O objetivo vai ficando mais perto a cada semana que passa.

#LigaPortugal #LEDMANLigaPro #carregamartelo #épaganhá #cdsc1718 #CDSCAAC

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s