Derrota, em campo de má memória

Não foi desta que o CDSC matou o borrego em Santa Maria da Feira. Em campo de má memória para o CDSC, derrota em 24 de Maio de 2009 que gorou a possibilidade de subida à I Liga. Desde então o CDSC nunca mais venceu no Marcolino de Castro.

História à parte, este jogo teria um adversário diferente do habitual cliente (Feirense) e na condição de recém-promovido à II Liga, a Oliveirense. A vitória sobre o Famalicão no passado fim-de-semana cavalgou a equipa e adeptos para outro nível de confiança e este jogo seria mais um difícil teste, mas perfeitamente ao nosso alcance.

Tal não sucedeu, embora o CDSC tivesse saído na frente do marcador, logo aos 8 minutos Thiago Santana já tinha marcado, o resto da primeira parte foi controlada pelo CDSC com a Oliveirense à procura do seu fio de jogo.

Para o segundo tempo tudo foi diferente, a Oliveirense organizou-se e sob a batuta de um velho conhecido nosso, Oliveira, deu a volta ao marcador, primeiro marcou o golo do empate aos 60 minutos por Riascos e depois marcou o golo da vitória já aos 92 minutos, por intermédio de Clayton.

Assim termina a participação do CDSC na Taça CTT 2017/18.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s