Monthly Archives: Maio 2017

Derrota forçada

O CDSC perdeu no último jogo deste campeonato frente ao primeiro classificado. Até aqui tudo normal. Não fosse um arbitragem muito tendenciosa, com constante dualidade de critérios.

Bem sabemos que não nos querem nas ligas profissionais e se dúvidas houvesse, hoje foi mais um caso paradigmático dessa situação. Um adversário com muito mais valor do que o CDSC, que soube aproveitar muito bem os erros que cometemos e jogou o q.b. para vencer. O CDSC fez todas as despesas do jogo, tanto na primeira parte como na segunda. Faltou um pouco de clarividência ao CDSC para conseguir materializar todas as situações de perigo criadas.

Fica a imagem de uma equipa guerreira, que lutou até ao fim, mas que foi impedida de sonhar mais alto, tanto hoje como durante todo o campeonato. Na próxima época veremos se continua o ataque por parte da Liga e seus patrocinadores às equipas non grata dos campeonatos profissionais.

Numa breve análise a quem sobe e desce tanto na I Liga como na II Liga percebemos a tendência da região litoral ter as suas equipas nos escalões principais do escalão português. Excepção foi mesmo o Portimonense. Já começamos a ficar um pouco fartos de época após época sermos tratados de forma pouco digna.

Numa última nota: este jogo não merecia transmissão televisiva? Já lá vão 1988 dias.

Resumo do Jogo: vídeo

Anúncios

Antevisão CDSC-Portimonense

O CDSC defronta o Portimonense na última partida do campeonato. Acabamos como começamos a época. Esperemos que o resultado seja o mesmo do primeiro jogo oficial desta época (vitória por 1-0 em Portimão). O CDSC já disputou 28 jogos contra o Portimonense. Com uma clara vantagem o CDSC já venceu 14 partidas, empatou 8 e perdeu 6. Marcou 31 golos e sofreu 22.

Para este jogo o Mister Carlos Pinto convocou os seguintes jogadores:

1 – Pedro Soares, 2 – João Dias, 3 – Felipe Barros, 4 – Accioly, 5 – Diogo Santos, 6 – Telmo Castanheira, 7 – Berny Burke, 8 – Pacheco, 9 – Clemente, 10 – Hugo Santos, 11 – Pineda, 12 – Serginho, 13- Igor, 15 – Diogo Coelho, 16 – Guilherme Schettine, 17 – João Reis, 19 – Rui Silva, 23 – Machado, 24 – Rodolfo, 28 – Adel, 30 – Saldanha, 37 – Vitor Alves, 88 – Osama Rashid e 90 – Joel.

Carlos Pinto em discurso direto

Com a época quase a terminar o Carrega Martelo esteve à conversa com o Mister Carlos Pinto. Em jeito de balanço o timoneiro do CDSC explicou aquilo que encontrou quando regressou ao clube e daquilo que é necessário melhorar para atacarmos a subida.

Empate na Covilhã

O CDSC entrou em campo sem nada a perder, do outro lado encontrou uma equipa também a jogar para o prestígio. O CDSC foi mais perigoso durante o primeiro tempo e fruto disso foi o golo de Clemente, à matador, num canto marcado por Osama. No segundo tempo o Sporting da Covilhã equilibrou a partida e chegou ao golo do empate. Mais uma vez um golo sofrido nos últimos minutos.

Resumo do jogo

No próximo domingo será o último jogo desta época do CDSC. Nas últimas semanas muitas têm sido as renovações e no dia de hoje já tivemos a notícia da primeira contratação para 2017/18, o regresso de Minhoca. Aguardaremos por mais novidades nas próximas semanas.

Antevisão CDSC-Operário, Final da Taça de S. Miguel

O CDSC repete pela segunda época consecutiva a final da Taça de S. Miguel. Desta vez o adversário é o Operário e o jogo realiza-se no Estádio de S. Miguel pelas 20h30.  Mais uma oportunidade para o CDSC cimentar a sua hegemonia no futebol em S. Miguel e nos Açores.

Para este jogo o Mister Carlos Pinto já frisou que irá fazer alterações no onze com vista a rodar o plantel.

Boa sorte e Carrega Martelo.

Vitória frente ao lanterna vermelha

O CDSC derrotou o lanterna vermelha deste campeonato. O Olhanense, já despromovido, esteve no Estádio de S. Miguel de peito aberto a jogar o jogo pelo jogo. Resultado dessa atitude foi a boa primeira parte que realizaram criando algumas dificuldades ao CDSC. Após o intervalo a atitude e qualidade do CDSC foi notória, resolvendo a partida em 20 minutos. O tempo suficiente para o nosso matador faturar mais 2 golos e Osama demonstrar, mais uma vez, que é o homem das bolas paradas. Destaque também para a estreia de Miguel Machado, jogador da formação do CDSC, na equipa principal. No próximo domingo jogamos na Covilhã mais uma partida onde estará em jogo a luta pelo 3° lugar.

Antevisão CDSC-Olhanense

O CDSC e o Olhanense já se defrontaram por 24 vezes. O CDSC venceu por 8 vezes empatou 3 e perdeu 3. Marcou 21 golos e sofreu 24. Para este jogo o Mister Carlos Pinto convocou os seguintes jogadores:

2 – João Dias, 3- Felipe Barros, 5 – Diogo Santos, 6 – Telmo Castanheira, 7 – Berny Burke, 8 – Pacheco, 9 – Clemente, 11 – Pineda, 12 – Serginho, 13 – Igor, 17 – João Reis, 19 – Rui Silva              23 – Miguel Machado, 24 – Rodolfo, 30 – Ruben Saldanha, 37 – Vitor Alves                                                            88 – Osama Rashid e 90 – Joel

O ONZE INCIAL:

12 Serginho  
2 J. Dias  
7 Berny Burke  
8 Pacheco  
9 Clemente  
13 Igor  
17 João Reis  
19 Rui Silva  
30 R. Saldanha  
37 Vitor Alves  
88 Osama
« Entradas Mais Antigas