Sofre coração, sofre

A estreia de Carlos Pinto como técnico do CDSC não poderia ser mais dramática. Vitória com um golo no último minuto da partida. O CDSC deu 45 minutos de avanço ao Penafiel, numa primeira parte morna mas com algumas ocasiões de golo com os guarda-redes sempre a superiorizarem-se. Na segunda parte tudo foi diferente. O CDSC entrou no jogo mais pressionante, criou muitas oportunidades e aos 60 minutos num cruzamento de Rui Silva, Clemente, quem mais poderia ser, a cabecear para o fundo da baliza de Ivo. Nos minutos seguintes Clemente ainda teve a possibilidade de fechar o jogo marcando o 2-0 mas sem sucesso. Entretanto Carlos Pinto fez entrar Telmo Castanheira para reforçar o meio-campo fazendo sair Clemente. A partida só teve o sentido da baliza do Penafiel mas ao minuto 75 Fidelis repôs a igualdade no marcador. Entretanto Carlos Pinto procedeu a segunda alteração no onze do CDSC com a entrada da Hugo Santos para o lugar de Rúben Saldanha. Esta alteração foi fundamental para o aumento da dinâmica atacante do CDSC nos minutos finais que veio a dar frutos no último minuto do jogo, com Rafael Batatinha a marcar o segundo do CDSC. Grande vitória do CDSC com grande espírito frente a um adversário direto na tabela classificativa. Neste momento o CDSC é terceiro classificado com os mesmo pontos do Cova da Piedade. No próximo fim-de-semana o CDSC joga em Olhão no domingo às 11:15 locais. Este jogo terá transmissão na SPORTTV 1.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s